Curso Gestão de Clinicas
Image is not available

A cultura atual de gestão da qualidade em serviços de imagem preconiza o paciente no centro do cuidado.

Curso Gestão de Clinicas
Image is not available

Capacitação para superar os desafios no segmento de saúde suplementar, dinâmicas para trocarmos experiências e casos práticos de sucesso.

Anuidade 2022
Image is not available

Pague e garanta seus benefícios.
Parcelas em até 6x sem juros no cartão de crédito.

Clínica Associada
Image is not available

Conta com diversas vantagens e benefícios

Curso Engenharia Clínica
Image is not available

Inscrições abertas!
Curso indicado aos encarregados e engenheiros responsáveis pelos contratos de manutenção das clínicas.

ABCDI com novas Parcerias
ABCDI com novas parcerias
Image is not available

Novas parcerias com empresas em tecnologia de reconhecimento de voz

previous arrowprevious arrow
next arrownext arrow
abcdi diagnostico por imagem cbr

ABCDI: 20 anos fortalecendo as clínicas de diagnóstico por imagem

A Associação Brasileira das Clínicas de Diagnóstico por Imagem (ABCDI) completou em abril 20 anos em defesa do fortalecimento do setor. São duas décadas de atuação com uma série de conquistas na busca constante pela melhora na qualidade dos serviços de diagnóstico por imagem e na defesa dos interesses de seus associados em negociações com os diversos atores do segmento, assim como órgãos reguladores, legisladores e fiscalizadores.

Ligada ao Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem (CBR), a ABCDI se consolidou como uma entidade forte e atuante. “As conquistas da ABCDI nesses 20 anos foram várias. Primeiro a sua criação, ela sair do papel para se tornar uma associação de verdade. A partir do momento em que ela foi criada, pelas gestões anteriores, começou já a buscar organizar e criar valor para as clínicas. Trazer qualidade e valor”, avalia o diretor da ABCDI, Luís Ronan Souza (MG).

“E como você pode fazer isso, trazer qualidade e valor? Através do empoderamento dos donos de clínicas e seus administradores. Seja por aproximação com o Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica), seja para as questões dos Selos de Qualidade ou do Padi, seja pelos cursos de gestão, para trazer luz aos donos de clínicas sobre o que está acontecendo no mercado de saúde, como se comporta o mercado de saúde atualmente e quais as ferramentas que eles têm para sobreviver a esta ‘selva’, às constantes mudanças”, explica Ronan.

‘Ensinar a pescar’

Os cursos de gestão são foco da ABCDI desde o início de sua trajetória. “É uma forma de fortalecer e empoderar o radiologista administrador da clínica. É ‘ensinar a pescar’”, ressalta o diretor da associação. Atualmente, são oferecidos os cursos Gestão de Clínicas, dividido módulos; e o recém-lançado Engenharia Clínica, que é de curta duração, online, com vagas gratuitas para associados, e traz recomendações para otimizar o uso e reduzir o alto custo de manutenção dos equipamentos. Em todos, as aulas são ministradas por profissionais com larga experiência no mercado.

Outras vantagens oferecidas aos associados são Assessoria Administrativa, Biblioteca Jurídica e uma série de descontos por meio de parcerias com empresas das áreas de equipamentos e suprimentos, com pagamento facilitado.

No site da instituição, o Estúdio ABCDI reúne vídeos com orientações e estudos de casos sobre temas fundamentais para o setor, como Glosas, Responsabilidade Técnica e O Mercado de Saúde em Radiologia, entre outros. Já o Radar ABCDI reúne as principais notícias relacionadas às clínicas e é enviado por e-mail aos associados.

Na esfera judicial, uma relevante conquista recente foi a vitória definitiva, obtida em 2021, em um Mandado de Segurança Coletivo que discutia a base de cálculo para o pagamento de PIS e da COFINS na importação de equipamentos médicos. Com isso, milhares de clínicas puderam reaver valores pagos a mais, em torno de 3% do preço de cada equipamento importado entre 2004 e 2013, corrigido pela Selic.

A ABCDI participa de ações junto à Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e outros órgãos, sempre defendendo os interesses das clínicas associadas e dos radiologistas.

Criação de valor

Ronan ressalta que outro fator importante para o crescimento da ABCDI foi “se entender como entidade representativa das clínicas de pequeno e médio porte”. Neste contexto, passaram a ser criadas parcerias que garantem descontos aos associados; e ações na questão da Defesa Profissional. “Inclusive um canal de escuta do usuário, em que ele traz a questão dele e você é o porta-voz de levar isso para a Defesa Profissional e devolver para ele, sejam problemas com as empresas de fornecimento de contraste, seja com as empresas de equipamentos radiológicos ou seja com os planos de saúde”, explica o diretor da ABCDI.

Entre as metas para os próximos anos estão tornar o recém-lançado Guia ABCDI bienal, com o objetivo de aproximar a associação das clínicas; oferecer novos cursos, tanto com parcerias já existentes quanto com novas parcerias, inclusive internacionais; construir indicadores que possam ajudar na gestão das clínicas; e ampliar o número de associados. “Mas não por imposição, pela criação de um valor. Que as clínicas nos procurem, entendam o valor da associação”, defende Ronan.

A associação reúne atualmente mais de 220 clínicas por todo o país e o número de associados não para de crescer. Afinal, cada vez mais gestores de clínicas têm a consciência de que juntos somos mais fortes e vamos mais longe.

História da Associação Brasileira das Clínicas de Diagnóstico por Imagem

A criação de um departamento do CBR voltado às clínicas e serviços de Diagnóstico por Imagem como pessoa jurídica começou a ser articulada durante o Fórum Nacional de Mobilização e Defesa Profissional, organizado pelo CBR no início dos anos 2000. Em 13 de outubro de 2001, durante Assembleia Geral realizada no XXX Congresso Brasileiro de Radiologia, em Curitiba (PR), foi formada a Associação Brasileira das Clínicas de Diagnóstico por Imagem (ABCDI).

A ABCDI foi oficializada em 26 de abril de 2002, mediante reforma estatutária do CBR aprovada também em Assembleia Geral, desta vez durante a Jornada Paulista de Radiologia. O primeiro diretor da ABCDI foi o médico radiologista Romeu Cortês Domingues (RJ).

Vantagens oferecidas aos associados:

– Assessoria Jurídica e Econômica;

– Desconto no curso de Gestão de Clínicas e gratuidade no curso de Engenharia Clínica;

– Descontos no Programa de Acreditação em Diagnóstico por Imagem (Padi) e no Programa de Selos de Qualidade CBR;

– Descontos em diversas empresas parceiras das áreas de equipamentos e suprimentos

Associe-se!

* Matéria publicada na edição 399 do Boletim CBR, de maio de 2022

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

 D’IMAGEM CENTRO DE DIAGNÓSTICOS POR IMAGEM
 (68) 3301-7929
 
AVENIDA RECANTO VERDE, 154
CONJUNTO MARIANA – RIO BRANCO – ACRE     CEP: 69919-182

Módulo 01 - Oportunidades e Tendências do Mercado da Saúde Suplementar

Vital para o bom desempenho de qualquer empresa, que seus gestores conheçam com profundidade o mercado em que atuam para desenvolverem um planejamento estratégico adequado e realista, que possua um tempo de resposta adequado a velocidade das mudanças.

O mercado da Saúde Suplementar ter sofrido fortes mudanças devido ao risco da sustentabilidade financeira, temos tido muitas mudanças nas regulações, verticalização das operadoras de saúde, aumento da coparticipação dos beneficiários, novos modelos de remuneração estão surgindo, indústria que são os grandes consumidores dos planos de saúde estão buscando formas de reduzir o custo através da Atenção Primária a Saúde entre outros acontecimentos.

Precisamos conhecer quem são os principais “players” do mercado e como funciona a dinâmica entre eles. Quanto mais entendermos e estivemos atualizados com os acontecimentos, melhor podemos traçar ações e planejamentos que reduzam os riscos e absorvam as oportunidades criadas com estas mudanças.

Conteúdo programático

Horário1ª aulaProfessor
14h00 – 17h00

Players da Saúde Suplementar no Brasil

  • Principais Entidades Públicas e Privadas
  • Tabelas de Procedimentos Médicos na Saúde Suplementar
  • Histórico e Dinâmica das Tabelas de Procedimentos Médicos
  • Histórico e Dinâmica das Tabelas de Materiais e Medicamentos
  • Impacto do COPISS na Saúde Suplementar
  • Importância do COTAQ nos Programas de Qualidade
  • Gestão da COSAUDE na Cobertura Assistencial Obrigatória (Rol ANS)
  • Como Funcionam as Diretrizes de Utilização Para Cobertura de Procedimentos (DUTs)
  • Importância do CONITEC na Inclusão de Novas Tecnologias em Saúde
Carlos Moura
17h00 – 17h40Intervalo – Coffee break
Horário2ª aulaProfessor
17h40 – 20h00

Principais Regulações do Seguimento

  • As Constantes Metamorfoses da Saúde Suplementar
  • Principais Legislações do Segmento
  • O Histórico do Desconto Escalonado da CBHPM
  • Tratamento de Denúncias Anônimas no CADE
  • PIS e COFINS para Clínicas no Lucro Real
  • Enquadramento de Clínicas no Imposto de Renda de Pessoa Jurídica
  • O Conceito e a Aplicabilidade da Telerradiologia
  • Os Benefícios da Terceirização da Área Fim
Rodolfo Siqueira
Carlos-Moura

Carlos Moura

Administrador de Empresas com MBA em TI pela USP e Curso Internacional de Desenvolvimento de Talentos Humanos pela Universidade Central da Flórida. Amplo conhecimento do mercado brasileiro de medicina diagnóstica, Assessor Econômico do Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem, participante do Comitê de Padronização das Informações em Saúde Suplementar (COPISS), e membro da Comissão de Acreditação em Diagnóstico por Imagem (CADI) do Programa de Acreditação em Diagnóstico por Imagem (Padi). Sócio da Moura Assessoria, empresa de Assessoria de Gestão na área de Medicina Diagnóstica.

Rodolfo-Siqueira-Foto

Rodolfo Siqueira

Graduação em Administração de Empresas com ênfase em Tecnologia da Informação, profissional com mais de 12 (doze) anos de experiência no mercado brasileiro de saúde suplementar. Ocupou cargos de lideranças nas áreas de Controladoria e Comercial na quarta maior empresa de Medicina Diagnóstica do mundo (DASA). Atua como Gerente de Assessoria de Gestão na Moura Assessoria de Gestão em Saúde.